Tape (Lembranças)

lembranças dos bons tempos
Ontem foi um dia estranho, incomum como nunca havia sido. Revi velhos amigos encontrei antigas paixões todos com suas famílias. Pais que eu considerava também meus já falecidos. Amigos que eu tinha como irmãos mortos pelas tragédias da vida.

Nossa! – um dia incomum um tape passou em minha mente desde os tempos de infância, as lembranças surgiram como se tudo estivesse acontecendo novamente, que saudade. Saudade do tempo em que as preocupações não faziam parte do cotidiano, saudade
das brincadeiras de pique e pega pega, saudade das brigas momentâneas  entre amigos, saudade dos amigos.

O tempo passa e não nos damos conta de tudo que ficou para trás. Claro que devemos viver o presente e planejar o futuro, mas também temos que usar a lições do passado para não cairmos em erros antigos.

Hoje graças a Deus construí minha família e busco sempre construir um futuro melhor. Hoje posso dizer que sou uma pessoa melhor, pois olho para trás para analisar os erros que já cometi e tento não repeti-los. Busco em cada erro a correção e a superação. Agradeço a Deus pelas dificuldades que passei, pois isso ajudou a buscar dentro de mim quem realmente sou e quem eu era. Minhas limitações se desfizeram diante das dificuldades, a timidez sumiu, esvaiu-se, perante a necessidade, pois percebi que eu não tinha vergonha dos outros, mas de mim.

Tape, lembrança de uma vida que tivemos e que foi necessária para nos dizer e mostrar hoje quem realmente somos.


Atenção! - todos os artigos aqui postados são protegidos por direitos autorais. Você pode copiar desde que sejam dados os créditos ao autor e ao blog/site.

Titulo: Tape (Lembranças)
Autor: Henrique Neves
Blog: Ler, ler e Escrever
Categoria: Mensagens de Reflexão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.

Onde encontrar forças para continuar