E o amor?

amor, amar alguém, o que é o amor, poesias de amor, dia dos namorados

E o amor...

E o amor? Floresce em campos flamejantes distante de nossas intenções.
Nos compromete com a saudade da distância e a vontade de sentir os lábios se tocarem.
É fervoroso o sentimento híbrido dividido entre paixão e desejo.

E o amor? Encantamento puro, às vezes sem muita esperança.
Vergonha de criança quando se apaixona pela primeira vez.
Lágrimas de ouvir um não como resposta, mas um sorriso de extrema alegria ao ouvir um sim.

E o amor? Um presente surpresa sem o desejo de ganhar.
Amar alguém inesperado e ver brigas se transformar em carinho.
A vontade de todos os dias sentir um abraço.

E o amor? Feliz de quem ama e sabe dar valor ao amor recebido.
Saber retribuir e reconhecer. Não deixar o ego machista sobressair e por tudo a perder.
Dizer que ama a todo instante para não deixar a chama apagar.
Demonstrar que ama com atos sinceros; pedir a Deus para permanecer juntos até o fim de nossas vidas na terra.

Henrique Neves

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Onde encontrar forças para continuar

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.