E o amor...

poesias de amor










E o amor...

E o amor... Floresce em campos flamejantes distante de nossas intenções.
Nos compromete com a saudade da distância e a vontade de sentir os lábios se tocarem.
É fervoroso o sentimento híbrido dividido entre paixão e desejo.

E o amor... Encantamento puro às vezes sem muita esperança.
Vergonha de criança quando se apaixona pela primeira vez.
Lágrimas de ouvir um não como resposta e um sorriso de extrema alegria ao ouvir um sim.

E o amor... Um presente surpresa sem o desejo de ganhar.
Amar alguém inesperado e ver brigas se transformar em carinho.
A vontade de todos os dias sentir um abraço.

E o amor... Feliz de quem ama e sabe dar valor ao amor recebido.
Saber retribuir e reconhecer. Não deixar o ego machista sobressair e por tudo a perder.
Dizer que ama a todo instante para não deixar a chama apagar.
Demonstrar que ama com atos sinceros e pedir a Deus para permanecer juntos até o fim de nossas vidas na terra.


Atenção! - todos os artigos aqui postados são protegidos por direitos autorais. Você pode copiar desde que sejam dados os créditos ao autor e ao blog/site.

Titulo: E o amor...
Categoria: Poesias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.

Onde encontrar forças para continuar