se eu fosse..., pra quê?


pra que enganar







Se eu fosse infiel trairia minha alma.
Se eu fosse infiel enganaria meu coração.
Se eu fosse infiel não pediria perdão.
Se eu fosse infiel...

Pra que enganar o amor que me conforta?
Pra que mentir para o amor que me respeita?
Porque fingir ser quem não sou?
Se for para enganar o amor, é melhor deixá-lo livre para amar?



Atenção! - todos os artigos aqui postados são protegidos por direitos autorais. Você pode copiar desde que sejam dados os créditos ao autor e ao blog/site.


Categoria: Poesias

Comentários

  1. Henrique,

    Bom dia, muito bonito seu poema, porque ser infiel para enganar o amor,se ele é tão nobre e especial quando se é sentido.
    O amor é livre e precisa ser livre, longe dos infiéis.

    Um abraço, tenha um excelente dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clarice...

      Concordo! - Acredito que desde que nos damos a oportunidade de amar e ser amados, temos que respeitar o amor, temos que respeitar e dar valor a quem está do nosso lado, pois se é para viver a vida de infidelidade pra que mexer com o coração de alguém, pra que assumir uma responsabilidade. Isso, para mim é brincar com o sentimento dos outros, é brincar com o amor.

      Um forte abraço.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.

Onde encontrar forças para continuar