Palavras de um Anjo


anjo
Uma vez perguntei a um anjo.
O que é o acaso? –
- Um fato transformado em destino.
Mas, o quê é o destino?
- Uma historia, ou uma memória de outra vida trazida nas asas do tempo.

Perguntei ao anjo.

O destino é o futuro, correto?
- Quem sabe? – se nada é por acaso, como se cria o futuro? – Se é Deus quem escreve por que todos não seguem o mesmo caminho?

Será que o destino é o complemento do que não se concretizou no passado?
Ou será uma segunda chance para tentar ajudar a quem não encontrou o caminho?

A luz se apaga para quem quer caminhar sozinho.

Mais uma vez perguntei ao anjo.

Realmente é Deus quem escrever o nosso destino?
- Talvez! – Depende, se você vai deixá-lo segurar sua mão e conduzi-lo pelas veredas da vida.
- Vocês são livres para decidir a quem seguir e de acordo com suas escolhas será trilhado seu destino, sua história será escrita.
- Cada pensamento, cada lágrima, cada gesto e cada atitude, dita às frases da sua vida e vão sendo acrescentadas no livro que você criou para si – Nada é decidido antecipadamente, tudo segue de acordo com sua trajetória, a vida é uma história e a cada pagina virada você faz essa história mudar.

- Alguns acham que o destino é o acaso, eu não posso dizer se é acaso ou destino, mas veja que assim como o menino se transforma em homem, o homem na idade avançada pode transforma-se em menino.

- Escrever o destino é fácil, difícil é seguir a trajetória. Muitos acham que o destino é o futuro, outros que é o passado preso na memória.

Aquele anjo disse que não tinha permissão para me responder tudo que eu queria saber, mas que podia me ajudar a escrever minha historia, desde que eu apagasse de minha memória tudo que poderia tirar-me de meu caminho. Ele pediu que eu apagasse de meu coração qualquer sentimento de magoa, rancor e jamais deixasse me levar pela raiva, pois a raiva alimentada pode se transformar em ódio, e o ódio leva ao sentimento de vingança.

Ele pediu que eu perdoasse todos aqueles que de alguma forma me fizeram mal, pois o perdão é um dos maiores meios para voltar ao caminho do bem. Ele me pediu para nunca julgar as pessoas e jamais desejar-lhes mal, pois o mal que vai é o mal que volta.

Ele me disse que Deus não nos da tudo, pois se tivermos tudo acabaríamos por ficar sem nada, já que tudo que vem fácil vai fácil, e quem tem tudo, nunca aprende a lutar por nada.

Ele nos da o caminho, nos da força, nos da coragem e nos ensina a aprender com a vida, pois só os ensinamentos da vida são capazes de mostrar se realmente temos fé, e se a nossa fé é a cada dia alimentada com essa força chamada amor.


Atenção! - todos os artigos aqui postados são protegidos por direitos autorais. Você pode copiar desde que sejam dados os créditos ao autor e ao blog/site.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.

Onde encontrar forças para continuar