Me diga com quem andas - que te direi não conheço

Psicopatia - transtorno de personalidade


Quem nunca pronunciou essa frase: eu conheço fulano, ele jamais seria capaz disto.   

Será que realmente conhecemos as pessoas como elas são de verdade? – Não somos capazes de descobrir o que se passa no interior de cada um, simplesmente temos uma idéia, uma noção sentimental gerada pelo fator convivência. Um casal por exemplo, por um convívio intimo, passa a conhecer os gostos, as vontades, as qualidades, os defeitos etc., mas será que da para conhecer a fundo quem está do nosso lado? - Acredito, eu, que não. Outro dia assisti um filme que relata as realidades de vida, tratava-se de sedução de menor, abuso sexual e pedofilia; para resumir, um homem de meia-idade seduziu e estuprou uma menor, e no final do filme o mesmo aparece num parque de diversões com sua esposa e filhos; tratava-se de um professor de educação física conceituado. Nem a própria mulher que, possivelmente, tinha um convívio de anos com seu parceiro conseguiu distinguir sua verdadeira personalidade. Após algumas pesquisas realizadas descobri que este estado comportamental é decorrente a psicopatia.

De acordo com o site: http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicopata, a psicopatia trata-se de um distúrbio mental grave caracterizado por um desvio de caráter, ou seja, uma pessoa fria, calculista, sem emoções, que dificilmente, ou nunca se arrepende do que faz, é livre de remorso e sabe manipular muito bem os sentimentos, e no caso acima citado trata-se de um sociopata que são os portadores de neuroses de caráter ou perversões sexuais.

Para obter  informação mais detalhadas e saber melhor sobre os sintomas da psicopatia acesse este site: http://www.amar-ela.com/sintomas-de-psicopatia/

Às vezes nem a própria mãe conhece o filho que tem, outro dia assisti, também, ao lado de minha esposa uma cena de novela em que o filho da empregada tentou assaltar a casa em que sua mão trabalhava e a própria o flagrou.. Vocês devem pensar, Ah! - Mas isso é novela, sim era novela, mas que infelizmente, para mim, não mentiu em mostrar a realidade. Uma mãe que trabalha, da duro para dar uma vida digna para seu filho sofre a decepção de descobrir que não conhece seu próprio filho.

Uma vez ouvi a seguinte frase: o poder é capaz de transformar o melhor amigo no pior inimigo.

Você, provavelmente, em algum momento da sua vida deve ter se decepcionado com alguém que você pensava ser seu amigo (a), confiando, acreditando, tentando ajuda-lo, ou o ajudou de alguma forma, e no final acaba descobrindo que de amigo (a) não tinha nada, e que você foi usado para que ele (a) conseguisse alcançar o que almejava, ou até mesmo para tentar impedir você de conseguir o que ele (ela) nunca foi capaz de conseguir.

Certo dia conversando com um amigo ele me contou uma história verídica sobre um amigo seu que trabalhava em uma empresa de grande porte e tinha uma posição respeitada, e decidiu ajudar uma pessoa o qual chamava de amigo, devido a sua estima e consideração pagou para o tal amigo cursos especializados e que eram de necessidade para trabalhar nessa empresa, após a conclusão dos cursos o próprio conseguiu empregar seu “amigo” na empresa em que trabalhava, e para sua decepção foi quem acabou com sua carreira, o fez ser demitido e hoje ocupa o seu lugar. Acredito que muitos já devem ter passado por situações parecidas, mas, o que leva uma pessoa a ter esse tipo de comportamento?

Após algumas pesquisas realizadas em outros sites,encontrei a explicação  que os casos acima citados tratam-se de Transtorno de Personalidade Antissocial e  de acordo com informações do site: http://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_personalidade, trata-se de uma pessoa que,

frequentemente tem um histórico de transtorno de conduta. Não desenvolvem empatia e tendem a ser insensíveis, cínicos e a desprezar os sentimentos, direitos e sofrimentos alheios.

Acesse o link acima e obtenha todas as informações sobre Transtorno de Personalidade e suas caracteristicas.

As vezes é dificil acreditar que um pessoa de nosso convívio possa sofrer de psicopatia e transtorno de personalidade, principalmente se é algum a quem temos apreço, carinho, consideração e amor, mas, temos que estar preparados para  as surpresas da vida.

A vida é assim, feita de erros e acertos, de orgulho e decepção, alegria e tristeza, amor e ódio.

Deus nos deu a vida, nos deu o discernimento, nos deu o poder de educar, de aprender entre outros, mas não nos deu o poder, o dom de ler pensamentos, de conhecer o coração de cada um. Essa é a lei da vida, isso é o livre arbítrio.

A vida é um livro a ser desvendado, sabemos que tem um inicio, sabemos que tem um fim, mas não temos a mínima idéia de seu conteúdo, pois a cada escolha, a cada passo que damos mudamos nossa historia. O único que conhece a fundo todas as historias do universo é Deus, por isso agarre-se a Deus, ore, ore muito.

Até a Próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.

Onde encontrar forças para continuar