Regime democrático, onde?


Regime democrático
Dizem que o Brasil é um País democrático, mas você sabe o que quer dizer democracia?

De acordo com o site: http://pt.wikipedia.org, Democracia é um regime de governo em que o poder de tomar importantes decisões políticas está com os cidadãos (povo), direta ou indiretamente, por meio de representantes eleitos — forma mais usual. Uma democracia pode existir num sistema presidencialista ou parlamentarista, republicano ou monárquico.
As Democracias podem ser divididas em diferentes tipos, baseado em um número de distinções. A distinção mais importante acontece entre democracia direta (algumas vezes chamada "democracia pura"), quando o povo expressa a sua vontade por voto direto em cada assunto particular, e a democracia representativa (algumas vezes chamada "democracia indireta"), quando o povo expressa sua vontade por meio da eleição de representantes que tomam decisões em nome daqueles que os elegeram.

Como pode um país que diz ser democrático obrigar seus cidadãos a fazer o que por direito deveria ser livre, como podemos ser obrigados a fazer algo que deveria ser de nossa escolha.

Não somos nós que deveríamos votar em decidir entre o voto livre e o voto obrigatório? – não deveríamos também ter o direito de saber no que os parlamentares votam? – Afinal quando é algo favorável a sua campanha fazem questão de mostrar, mas não nos dão o direito de saber quem é contra ou a favor quando votam algo em relação ao povo, mesmo porque tudo que é favorável ao povo, que pode beneficiar o povo de alguma forma e prejudicá-los eles votam contra.

Ao procurar uma melhor informação sobre este assunto encontrei este site: http://pvjovem.org, onde há perguntas e as seguintes respostas.

Pergunto;
1-Como podemos viver em um regime democrático sendo que a maior expressão da democracia é o voto e este é obrigatório??
2-O termo obrigatoriedade não fere o principio básico da Democracia??
Respondo;
1-Vivemos em um regime “semi democrático” se é que isso é possível, uma vez que a democracia plena baniria qualquer obrigação no contexto eleitoral.
2- Fere sim, por tanto é inaceitável pregarmos democracia e exercemos “ditadura eleitoral” Luiz Felipe Procópio.
Ditadura eleitoral! – Isso sim deveria ser a simbologia da nossa chamada “democracia”, pois só nos tornaremos um país democrático quando tivermos o total direito de intervir nas decisões políticas, quando tivermos o direito de saber quem e em que votam, quando tivermos o direito de votar em que deve ser investido nosso dinheiro e ter o controle se está realmente sendo investido em que votamos.
Infelizmente, acredito eu, que isso nunca irá acontecer, por isso continuaremos nos submetendo as decisões políticas que cada vez mais criam leis inúteis, que ao invés de nos favorecer, na maioria das vezes só nos prejudica, ao contrário dos políticos que na maioria das vezes criam leis para lhes favorecer.
Isso é Brasil, onde se gasta bilhões para construir estádios de futebol, mas deixam crianças e idosos morrerem em leitos de hospitais.
Até a Próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pollyanna “o jogo do contente”

Não somos filhos da religião, somos filhos de Deus.

Onde encontrar forças para continuar